terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Feminino Essencial




Estarão as mulheres preparadas para fazer emergir de si o feminino? Estarão elas preparadas para dar ao tempo uma alma nova soluções novas para os novos problemas, estarão elas capazes de despertar o feminino no homem sem o castrar? Estarão elas capazes de perdoar? É o lado terrífico da Grande Mãe que vão integrar, um passado de memorização que vão vingar? Ou a salvadora, a que perdoa e compreende, a que sabe que sempre a mulher é o futuro do homem e o homem o futuro da mulher, quando cada um deles se esgotar, quando perdidos um do outro se esquecerem da completude do par. Quem é a mulher de hoje? Será que sabe o que já foi? Aquilo que é ou pode vir a ser? Será que a mulher sabe e aceita o útero como matriz da vida, princípio que lhe dá forma, alma, razão de ser? (...)


in OS PORTAIS DO TEMPO DE ANTÓNIA DE SOUSA

Um comentário:

Green Womyn disse...

Ótimos questionamentos... É bastante coisa para se pensar!