sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Hino à Isis


Porque sou eu a primeira e a última
Eu sou a venerada e a desprezada
Eu sou a prostituta e a santa
Eu sou a esposa e a virgem
Eu sou a mãe e a filha
Eu sou os braços da minha mãe
Eu sou estéril, e os meus filhos são numerosos
Eu sou a bem casada e a solteira
Eu sou a que dá à luz e a que jamais procriou
Eu sou a consolação das dores de parto
Eu sou a esposa e o esposo
E foi o meu homem quem me criou
Eu sou a mãe do meu pai
Sou a irmã do meu marido
E ele é meu filho rejeitado
Respeitem-me sempre
Porque eu sou a escandalosa e a magnífica


Hino a Ísis, século III ou IV (?), descoberto em Nag Hammadi


Hoje o meu primeiro pensamento do dia foi para Isis.Accordei fazendo a relação do Seu mito coma minha vida, em como muito do que já me ocorreu até aqui é realmente parecido com o mito dEla.Em Sua homenagem , coloco aqui o que para mim é o mais bonito texto sobre Ela que eu conheço. Se Ela caminhou tanto pelo mundo, se Ela é tão Grande, creio que caiba meu corpo tão pequeno entre os seios dEla....

Nenhum comentário: