quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Sedna - Vítima (Oráculo da Deusa)

Engraçado como eu acho que essa carta faz um link total com a carta de Lilith – Poder.Para se absorver o real poder pessoal precisamos nos livrar do discurso de vitimas.Geralmente nos colocamos como vitimas de um sistema, terceirizamos a nossa vitimização quando na verdade somos o nosso próprio algoz ( de maneira geral e não de regra, há caso e casos). Se queremos tanto a mudança , não cabe mais o discurso de vitimas , encontramos o problema, agora temos que partir para a mudança.

No livro há uma sugestão ritual que realmente achei bacana, chama-se a dança da Vitima.Sugere-se que dancemos algo nosso,admitindo em voz alta quês e é uma vítima,ou seja, admitir em voz alta o problema, a dor.Quando dançamos entramos em conexão direta com o nosso eu mais profundo.A medida que dançamos tudo o que sentimos é exteriorizado e assumindo nossas dores,podemos curar essas feridas.com a dança da vítima percebemos que somos fortes e adquirimos de volta nosso poder.

5 comentários:

Samanta disse...

Que legal isso de dançar para mudar! Tem alguma recomendação especial para fazer o rito esse ou é só deixar rolar?

Samara disse...

Eu tive uma mãe que me ensinou a postura da vítima com perfeição. Vira e mexe eu caio nela. Ainda bem que eu danço muito. (De frequente, não de bem.)

Iony disse...

Oi Sam!!! O negocio é deixar rolar mesmo, mas se vc lidar com tambores xamanicos, ajuda...eu creio que se vc colcoar uma musica qcom uma batida marcante, facilita.

Samara, acho que ate essa geração têm pais repressores e vitmizadores, sabe?A esperança é que nós sejamos diferentes!


Bjos e obrigada pela visita!

Sylvia disse...

Oi Iony,

É a minha primeira vez aqui no seu blog, estou adorando.
Você escreve de forma quase poética.

Parabéns pelo blog.

Beijos

Green Womyn disse...

Cara, muita coincidência! O ritual online do meu grupo ontem foi sobre a... Lua de Sedna!