sábado, 21 de agosto de 2010

Inverno , Lua Cheia e coisas de Bruxa

 esse inverno foi bem tenso por aqui.Além de fazer um frio fora do comum em terras capixabas, a sensação de negatividade a espreita foi quase palpavel, passamos alguns perrengues aqui e não descansamos devido ao fato de estarmos sempre alerta. Coisa de Lobos e bruxas. E estamos caminhando para a última Lua Cheia do inverno.Particularmente eu gosto muito das luas cheias do frio...mas a coisa aqui estava tão feia que em épocas de lua o céu sempre estava cinzento e pesado.Mas me parece que terça feira o céu vai estar claro...vamos ver...

Segundo os povos nativos norte americanos e alguns textos que consultei ,essa será a Lua Acelerada, a que precede o equinócio já que a próxima lua cheia será exatamente na noite do equinócio de primavera!Se olharmos os textos essa Lua é a lua de fevereiro pois toda essa prática e literatura vem do Hemisfério Norte. Penso que como todo esse conhecimento veio de anos de observação do tempo e do espaço não me seria proibido adaptar esse saber para a minha realidade de hemisfério sul, então com um jogo de cintura bruxistico adaptei tudo para o fim do nosso real inverno. Passamos no frio muito tempo dentro de casa e dentro de nós mesmo, quietinhos e muitas vezes ruminando coisas que nem sempre são positivas. Penso que dias cinzas e noites geladas contribuem para isso. Se nos distraímos a energia negativa vai nos pegando pelo calcanhar.

Está na hora de começar a abrir as janelas para esperar a luz.Tudo está estagnado, velho, mofado, é hora de avaliar nossos pensamentos, erros e em como transformá-los ou bani-los. Deixar a terra limpa e fofa para o plantio que será em breve. è hora de arregaçar as mangas e sair da preguiça invernal! Cabe aqui preparação para limpezas e porque não, banimentos (banimentos não necessariamente na lua cheia,ok?). Segundo o Anuário da Grande Mãe , nessa Lua pré primavera precisamos "descartar a negatividade e os complexos de inferioridade, mudar atitudes, substituir a crítica pela aceitação e o rancor pela compaixão". Aqui meus amigos me cabe um a parte pois me fala diretamente já que essa foi a minha meditação invernal, mas falarei isso num post propício, sim? Acredito que se possa fazer uma bela fogueira, ou acender nosso caldeirão e queimarmos em ato simbólico tudo o que nos for ruim. A forma de ritualizar vai de cada um. E por fim sugiro uma mentalização ou até mesmo uma verbalização em alto e bom som de algum mantra ou frase pessoal.Eu penso em algo assim: Desapego-me de tudo o que não me faz bem. Purifico-me e deixo coisa boas entrarem.

Aí nós ja estaremos prontos para a limpeza de primavera, que alias é um assunto que parece que vai pipocar em alguns bons blogs, fiquem atentos! Bom, essa é a primeira vez que eu me permito compartilhar pensamentos bruxos publicamente, espero que tenham gostado e que principalmente tenham algo para compartilhar também, afinal todo mundo tem um ritual, uma mandinga, uma reza escondida debaixo da manga!

4 comentários:

Inês disse...

Não vejo a hora do Equinócio chegar.
Por aqui eu fiz o contrário: em vez de banir, mentalizei o que quero plantar e germinar na próxima Primavera.

Iony disse...

Ahh mas vai ter a parte dois em setembro!Aguarde e aconfie!

S. Thot disse...

Não creio que haja erro na adaptação a nossa realidade. Afinal, o pensamento pagão se faz justamente na observação do seu entorno.

Além do quê, é algo que se experimenta, que entra no campo da fé, da sensação. Só quem pode mensurar o que você sente é outro que sente igual.

E fico feliz pela divisão de seus pensamentos. Prefiro isto do que a repetição de textos lidos em livros. O que você escreveu é precioso porque é inédito e vem do fundo de você. Obrigado por nos brindar com suas observações.

Iony disse...

Obrigada pelo carinho Thot!