sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Vamos tomar uma cerveja?

Eu faço faculdade de Artes Plásticas na UFES e por isso supunha que ia me deparar com cabeças pensantes e algo do genero. A turma (qdo conseguimos fazer metrias juntos, pq nas Federais o sistema criado pelo governo militar que separa os alunos de tempos em tempo ainda prevalece!) é relativamente unida,nada demais ou de menos. E como as amizades se formas a gente acaba tendo aquela vontade de tomar aquela cerveja depois da aula,pra desestressar,dar umas risadas, falar da vida. A maior parte da turma é de mulheres já que Artes plasticas "é coisa de gay" e por uma coincidencia da vida a minha turma especificamente tem muitas pessoas da minha faixa de idade (casa dos 30) pra lá. Eu penso: Opa, gente madura, vai rolar! Que engano!!!

Mulheres trabalham,pagam seu material, suas tintas,seus papéis,seus livros e na hora de tomar uma simples cervejinha de happy hour.......fon fon (buzina do Chacrina!!) não pode pq o marido não deixa!Èééééééé! Isso mesmo que você leu: não pode pq o marido não deixa! Opa, verdade seja dita..."num é que meu marido não deixa, é que eu não gosto que ele saia sem mim então eu não saio sem ele".É essa a frase especifica em sua total exatidão. Jogo dos 7 erros: o que temd e errado nessa situação, aponte-me e ganhe um brinde!

E eu fico lá mais uma vez como um pinheiro solitário e tendo dedos apontados e ouvindo coisas como: sai sozinha, deixa o marido sair sozinha que seu casamento não dura 2 anos!!" ou " Ahh minha filha, não se pode confiar em homem, pq são todos iguais!" ou " "vc é casadinha de nova, deixa ele por as mangas de fora que vc vai ver!". Minha Nossa Senhora da Penha, o que é isso? Essas pessoas dormem na mesma cama que o inimigo ou o que?

Aí, entre um gole e outro eu penso: Cadê a Nana Odara!!!rssrsr Eu penso: Poxa...se elas soubessem o que eu já fiz e que meu parceiro sabe! Aí eu em lembro também que a repressão geraa  revolução!Ou no mínimo um AVC!Mas a coisa que eu mais penso é que sou uma mulher deslocada...e no final dá uma certa solidão.Mas antes só do que desperate housewife!

6 comentários:

Babi Guerreiro disse...

Então não se sinta tão sozinha, sente-se no bar comigo! Muitas vezes já fui apontada, por viajar, sair, ir no cinema, passar a noite em rituais sem o meu marido.
E somos muito felizes.
Uma boa parte do tempo separados em nossas atividades, mas qdo juntos em perfeita harmonia!

Ghi disse...

Nossa! Pior que é assim mesmo. Que retrocesso!!!
E é tão ruim ficar ouvindo esse tipo de coisas... depois se eu explicar que casaram com o cara errado e em algum momento, saindo ou não para beber com as amigas, ele vai te ferrar de algum jeito eu é que sou louca, né?

Pena que vc tá longe e eu não estou bebendo...

Beijinhos

Nana Odara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nana Odara disse...

Buteco é comigo mesma...
imagina q qdo eu estudei educação artística era de manhã, garrafas de vodca se materializavam no bar em frente da facu, a gente comprava fruta e leite condensado... já ia todo mundo mamado p aula...
eh, bons tempos...
uma vez coordenador me deu uma advertência pq disseram q eu tava tomando cerveja dentro da sala...
fiz questão de q fosse por escrito...
kkkkkkkkkkkkkkkkk... imagina só uma latinha, antes da prova de piano p relaxar...
o pior ele nem desconfia do q acontecia em cima da laje, onde ficava o laboratório de fotografia...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
Ah, baby... o casamento é patriarcal, vivê-lo de outra forma te torna tão rebelde como uma mãe solteira... kkkkkkkkkkkkk...

Junte-se à matilha...

aaaaaaaaaaaaaaauuuuuuu

ps: hj não bebo mais por causa da vesícula, mas não dispenso o convite... (já tomei a minha cota...)

Beto disse...

infelizmente este é o sistema no qual as mulheres são criadas e crescidas.
nós, homens, praticamente podemos fazer tudo. quando eu era mais jovem meu pai até desconfiou que eu era homossexual por não ter namorada.
uma mulher como Paris Hilton é vista [e descrita] como "mulher fácil" [para não usar outros termos]. a mulher brasileira não está disposta nem pronta para perceber/assumir que é livre.
azar de nós, homens realmente humanos [e pagãos] que sabemos [prezamos e consagramos] a mulher.
bjos pra Nana.

Iony disse...

Poxa vida!Eu fiquei muito feliz com os comentarios de todos.Obrigada!O ser humano em si não está preparado pra liberdade de ser humano.

Beto...os homens realmente podem fazer tudo...mas meio na teoria né? Pq os homens sao cobrados a estarem o tempo todo a fim de sexo e de pau duro. To certa? No final é uma escravidão...menos aparente...mas é.

Um beijo em todos e um brinde!Um dia estaremos juntos bebericando e conversando!Posso apostar!