segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Começo. Fim.(Re)começo.




A vida dá voltas, a vida de qualquer um de nós dá voltas.A minha vida deu uma imensa volta em março,engravidei. Depois mil coisas aconteceram e a vida andou de mãos dadas com a Vida, o crescimento,a doença, a dor, a compaixão. Deu um alô para a Morte, não a minha, e disse: hoje não,ainda não.E a gente tira literalmente, forças do útero que cresce,que machuca e que é sublime.E supera coisas que não imaginava conseguir superar. A vida dá voltas como um bebê no ventre,mostrando que tudo é imenso dentro de uma casca de noz.E a vida começa e acaba e começa de novo e é um ciclo que não temos domínio. E tudo é sagrado: dor,  vida, morte, lágrimas, medo, desespero,compaixão,entendimento. E em poucos meses  arrancam de nós forças uterinas que nem sabíamos que tínhamos para assim,seguir em frente para mais um começo,um fim,um recomeço. 

3 comentários:

Allan Lucena disse...

Muito lindo Io!!
Esses ciclos sem fim, que nos levam ao crescimento, amadurecimento e tudo mais.

Dói... assim como dói crescer.
Mas dor passa! ;)

BEIJÃO!

Iony disse...

oi Allan!!!!

A dor passa e que bom que passa!!Crescemos todos os dias! =)

Green Womyn disse...

Gravidez mexe com a gente de um jeito, não?

E a gente vai girando, dançando, percorrendo os ciclos...