quinta-feira, 1 de novembro de 2012




Antepassadas, Senhoras de todo o poder do mundo, Mulheres que fizeram tudo o que caminha sobre a Terra do sangue do útero.Antepassadas cujos nomes e rostos se perderam no tempo,Ouçam a nossa voz de gratidão não somente hoje em que os dias se tornam atemporais mas, todos os dias em que nossas mãos trabalham os ofícios que nos legaram.Antepassadas que deixaram suas pegadas no barro,nas pedras,nas estrelas,nos rezos,nas imagens; abençoe-nos com saúde,força e coragem para que possamos honrar o sangue de nosso útero.

Antepassadas  que gritam ainda ao vento suas lições,suas bênçãos,suas maldições;aceitem as nossas oferendas,as nossas lágrimas,o nosso sangue e permitam que nós também deixemos nosso legado junto ao seu.Um dia serei uma antepassada sem nome,sem rosto e com pegadas de lobos sulcadas em algum chão,em algum barro. É para isso que eu vivo.

Iony 01/11/2012 no dia de todas as santas

Um comentário:

Green Womyn disse...

Que lindo, Iony!

Este ano fiz um altar com fotos dos meus antepassados.

Simples, mas necessário.