quinta-feira, 5 de março de 2015

A Lua Cheia da Gratidão


Há algum tempo eu elegi a Lua Cheia para uma única coisa: gratidão.

Tanta coisa boa acontece no decorrer de um ciclo lunar,são tantos aprendizados e afeto recebido que eu apenas fecho os olhos ,lembro de rostos,de palavras,de afagos e agradeço. Com a turbulência de um filhos,aqueles momentos lânguidos de rituais estão suspenso mas,nem por isso me desconecto completamente.Aprendi à duras penas,a aceitar que meu momento é esse e é o que dá pra fazer.

E fluiu. Sem velas,sem círculos,sem orações,sem chamados.Só o silêncio e a gratidão.E tem dado certo.

Agradecer pela minha lucidez em aceitar o que antes seria inaceitável.

Agradecer por  pessoas bacanas que no real ou no virtual,sempre me ensinam algo e me fazem mudar o foco e enxergar ângulos novos.

Agradecer a aceitação .

Agradecer o medo vencido com louvor (essa foi a vitória do mês,talvez do ano inteiro!!).

Agradecer que no final, tudo acaba se encaixando.


Obrigada Universo!

Um comentário:

Emanuel disse...

Eu te entendo.
Sabe aquele vídeo de meditação em um minuto? Então, assim tem sido a minha prática.
E tem funcionado bem.